Compartilhar

Aprenda a montar sua lista de presentes de casamento

Jornadas da Vida - Casei Seguro Por Jornadas da Vida – Casei Seguro
ícone de relógio indicando o tempo de leitura​ 6 min de Leitura
ícone de calendário indicando a data da publicação​ Criado em 27/03/2023 | Atualizado em 27/03/2023

Compartilhar

A celebração do casamento é o ápice da união entre duas pessoas, um dos momentos mais felizes da vida a dois. No entanto, ela também envolve planejamento e algumas tarefas. Além de elaborar uma relação de convidados especiais da festa, é importante montar uma boa lista de presentes de casamento.

Nem sempre é fácil saber como criar a lista, o que é de bom-tom incluir, o que deve ser prioridade. A boa notícia é que hoje é possível optar por dois modelos diferentes de lista de presentes de casamento: a física e a virtual. Com essa versatilidade, fica mais fácil fazer uma relação organizada e que contemple as necessidades do casal.

Neste post, vamos mostrar o passo a passo para elaborar uma lista de casamento completa, que leve em conta os preços, os itens mais úteis e a praticidade.

Não deixe a lista de presentes de casamento para a última hora

A primeira dica para elaborar uma boa lista de presentes de casamento é não deixar para a última hora. Afinal, é preciso lembrar que as datas bem próximas à cerimônia serão uma correria só, o que dificultaria o investimento de tempo e energia do casal nesta tarefa que, se feita com calma, pode ser prazerosa como um momento a dois.

Além de evitar fazer tudo com pressa, ter um bom tempo à disposição pode ser a diferença entre esquecer e lembrar itens importantes de serem incluídos.

Outro detalhe muito importante é que a lista deve ficar pronta antes da distribuição dos convites. Assim, os convidados da festa terão acesso imediato a ela e o tempo necessário para escolher os presentes.

Revise o número de convidados

Dê uma olhada na lista de convidados para obter o número exato. Desse modo, o casal evita que existam menos itens do que pessoas. O ideal é o contrário: mais itens do que pessoas.

Uma proporção de 2 presentes para cada convidado é uma boa receita para oferecer variedade a quem vai presentear, contemplando as necessidades do casal.

Defina as prioridades do casal

Na prática, a lista começa ao se pensar nas reais necessidades do casal. Por isso, é essencial que os noivos elaborem a lista juntos, pois duas cabeças pensam melhor que uma — e será mais fácil focar naquilo que vocês ainda não têm ou que querem muito.

Além disso, é importante pensar no imóvel onde o casal vai morar. Após visualizá-lo, é o momento de identificar o que falta para facilitar o dia a dia. Uma rápida checagem pode ajudar a lembrar que falta um lustre em um dos quartos, por exemplo, ou algum utensílio de cozinha.

Também é fundamental evitar objetos que sejam de pouco utilidade ou de uso estritamente pessoal. Por mais que um smartphone moderno possa ser atrativo e cobiçado, esse item não tem a ver com a vida conjunta do casal, então, não é de bom-tom que esteja na lista. Outros itens de escolha muito pessoal, como alianças de casamento, também não devem estar.

Decida entre lista física e online (ou ambas!)

lista de presentes de casamento

A lista de presentes de casamento pode ser criada tanto em lojas físicas como virtuais. No primeiro caso, a lista direcionará os convidados para produtos reais — como eletrodomésticos e itens de mobiliário.

Já as lojas virtuais trabalham tanto com opções de presentes reais quanto opções “fictícias”, isto é, que convertem a contribuição em dinheiro. Isso porque o convidado escolhe um item da lista, mas não realiza a compra imediatamente.

Ele envia o dinheiro correspondente ao preço daquele produto. É possível garantir que as compras não se repitam, mas, caso isso aconteça por alguma falha, também dá para utilizar o valor em outro item.

Lembre-se de que é possível fazer lista em mais de uma loja também, contanto que isso esteja claro para quem vai presentear e que o casal consiga administrar essa variedade.

Faça uma lista inicial

A lista inicial deve conter aquilo que é realmente necessário para iniciar a vida juntos em alto estilo. Por isso, o casal deve priorizar itens como fogão, ferro de passar roupa, cafeteira, micro-ondas e outros produtos de primeira necessidade.

Após listar o que não pode faltar, o casal também pode investir em uma lista mais diversa. Assim, será possível misturar esses produtos com jogos de roupas de cama, mesa e banho, utensílios de cozinha e itens de decoração, por exemplo.

Separe por faixa de preço

Outra dica muito importante é variar a lista não somente em termos de produtos, mas também em relação aos preços. Por isso, o casal deve pensar bem na condição financeira dos seus convidados e tentar equilibrar os pedidos em uma faixa que se encaixe naquilo que familiares e amigos podem realmente gastar.

Um casamento é um evento caro, não somente para os noivos familiares. Ele também é uma cerimônia custosa para os convidados. Afinal, além do presente, um convidado precisa gastar com o deslocamento (especialmente em casamentos fora da cidade), hospedagem, roupas, salão de beleza e acessórios.

Por isso, não é proibido fazer uma lista com um ou outro item luxuoso fora da curva dos preços médios. Contudo, certifique-se de que, em sua maioria, os itens sejam acessíveis às diversas realidades dos convidados. Lembre-se de que a principal razão do convite não são os presentes, mas a celebração conjunta.

Consulte as informações nos sites

Caso o casal queira apostar em uma das listas de presentes de casamento virtuais disponibilizadas por lojas, é preciso checar se o site tem todas as informações relevantes em relação a normas e prazos para trocar produtos.

Assim, caso um presente se repita, será possível realizar a troca de forma simples, sem maiores contratempos logo no início do planejamento familiar. Sites e apps de grandes lojas e marketplaces oferecem opções para evitar essa confusão de acabar com presentes repetidos nas mãos.

Verifique, ainda, as regras de resgate de produtos em listas virtuais, assim como o prazo para fazer esse resgate. Por fim, questione sobre a possibilidade de ocorrer a cobrança de frete no momento da entrega, em caso de produtos reais em lista física.

Como você viu neste artigo, fazer a lista de presentes de casamento é uma tarefa prazerosa, mas que pode se tornar complicada, caso o casal deixe para fazer isso muito em cima da hora. O ideal é se antecipar, pensar em cada item com calma e levar em consideração a realidade financeira dos convidados.

Tem amigos e familiares organizando casamentos por agora? Então compartilhe em suas redes sociais e convide todo mundo para ler e não errar ou cometer gafes nessa etapa importante!